sexta-feira, 1 de abril de 2011

Muitas mulheres sofrem de “tristeza” pós-sexo.


Supostamente um momento de prazer para as pessoas, um novo pequeno estudo descobre que, na verdade, o pós-sexo causa tristeza em muitas mulheres.
O estudo envolveu mais de 200 jovens australianas, porém mais pesquisas são necessárias para verificar se os resultados são os mesmos em outras faixas etárias e localidades.
Segundo a pesquisa, uma em cada três mulheres jovens se sente triste depois do sexo em algum momento de suas vidas. 10% disseram que muitas vezes, ou quase sempre, se sentem tristes após o sexo.
Os pesquisadores afirmam que, sob circunstâncias normais, a fase de resolução da atividade sexual, ou o período logo após o sexo, provoca sensações de bem-estar, juntamente com o relaxamento físico e psicológico.
No entanto, indivíduos que experimentam disforia pós-coito (tristeza após o sexo) podem expressar seus sentimentos imediatos após a relação sexual em termos de melancolia, choro fácil, irritabilidade, ansiedade ou sensação de inquietação.
Como mulher é complicada demais, os pesquisadores ainda não sabem explicar a causa desses sentimentos. Uma das entrevistadas que afirmou se sentir “triste” após o sexo disse que esses sentimentos não são ligados aos seus sentimentos de amor e afeto por seu parceiro.
Uma teoria dos cientistas é de que abuso sexual em algum momento da vida das mulheres pode causar sentimentos de culpa, vergonha e perda em futuros encontros sexuais. No entanto, a pesquisa encontrou apenas uma correlação moderada entre o abuso sexual e decepção pós-sexo.
Segundo os pesquisadores, isso sugere que outros fatores, como predisposição biológica, podem ser mais importantes. O próximo passo do estudo é observar as características emocionais das mulheres, e como elas vêem a si mesmas, para checar se a personalidade contribui para a depressão entre quatro paredes

Nenhum comentário:

Postar um comentário